I wanna play with you...
“Não sei mais conviver com as pessoas. Tenho vivido tão só durante tantos anos. Devo estar acostumado. Dormir 24 horas foi a maneira mais delicada que encontrei de não perturbar o meu próprio equilíbrio. Estou me transformando aos poucos num ser humano meio viciado em solidão. E que só sabe escrever. Não sei mais falar, abraçar, dar beijos, dizer coisas aparentemente simples como “eu gosto de você”.”
Caio F. Abreu.  (via effingos)



“Por favor, não me analise. Não fique procurando cada ponto fraco meu. Se ninguém resiste a uma análise profunda, quanto mais eu… Ciumento, exigente, inseguro, carente. Todo cheio de marcas que a vida deixou. Vejo em cada grito de exigência. Um pedido de carência, um pedido de amor. Amor é síntese. É uma integração de dados. Não há que tirar nem pôr. Não me corte em fatias. Ninguém consegue abraçar um pedaço. Me envolva todo em seus braços. E eu serei o perfeito amor.”
Mario Quintana. (via romanteios)


“Tenho sorte de te conhecer , sorte de poder amar você .”

Eu tenho fé, nada me abala. Eu tô ligado aqui se faz, aqui se paga.

:)


Se não tem paciência e não aguenta, nem tenta, nem chega, nem fica, sai fora, vaza.


“Eu escrevi “Eu amo você” na parede, no chão, no teto. Mas, não foi para outra pessoa, foi para mim mesmo, para mostrar a pessoa maravilhosa que sou. Amor próprio, é tudo.”
Mark Hr.   (via desvalorizavel)